Importação de Suplementos

Sobre Importação de Suplementos.

 

Atualmente cada vez mais  pessoas se interessam na prática esportiva e a busca de uma vida mais saudável. Não a toa a área de fitness e saúde encontram-se em forte crescimento.

E nesse cenário todo um outro mercado cresce na mesma proporção que é o de suplementos alimentares.

 

É fácil perceber a grande procura por esse tipo de produto principalmente se você faz ou conhece quem faça academia.

 

No entanto os suplementos não são indicados apenas para quem pratica atividades físicas mais intensas, existem diversos tipos para varias finalidades. Os suplementos servem para varias finalidades justamente para corrigir alguma deficiência nutricional.

 

Podem ser sintomas de uma deficiência nutricional queda de cabelo, cansaço físico, falta de memória, imunidade baixa, etc.

 

Então vários são os tipos de suplementos que têm suas finalidades, que apesar de não necessitarem receita médica é extremamente recomendado que você procure um nutricionista. São eles:

 

Energéticos: Para atletas de alta performance que necessitam repor seus gastos calóricos nos treinos.

 

Protéicos: Os famosos whey protein que são indicados para praticantes de atividades físicas que pretendem melhorar a formação muscular.

 

Antioxidantes: Para proteger as células dos prejuízos dos radicais livres, como o envelhecimento da pele.

 

Termogênicos: São feitos para acelerar o metabolismo do corpo  e ajudar no processo de emagrecimento.

 

Vitamínicos e Minerais: Servem para fortalecer o organismo para prevenção de cansaço, irritabilidade, depressão, perda óssea, entre vários benefícios.

Veja o quanto esse tipo de produto pode te ajudar a controlar sua saúde física, por isso não custam barato. E como você deve consumi-los regularmente o gasto com esse tipo de produto pode ser elevado.

 

Por isso a importação de suplementos é uma das mais procuradas por quem quer comprar la fora, principalmente porque a diferença de preços e enorme.

 

As dicas para importação de suplementos e semelhante a de outros produtos, a principal diferença é que o produto ao ser fiscalizado pode ser enviado para a ANVISA a fim de verificar se sua composição e permitida pela a agencia no Brasil.

 

Existem alguns produtos que em sua composição existem substancias que não foram analisadas pela a agencia de vigilância sanitária e por isso não têm sua liberação. Isso pode implicar na retenção do produto pela fiscalização.

 

Embora isso quase nunca aconteça é bom verificar se o suplemento que você pretende importar é regulado aqui no Brasil.

 

Se o produto estiver dentro das conformidades do nosso país vale a pena importar pela grande diferença nos preços

 

Tenho mais dicas em vídeo pra você aqui

 

Fique atento as próximas dicas.

 

Herbert

Importa O Que Importa

Deixe Seu Contato e Baixe o Ebook "Como Importar e Lucrar Mesmo Com a Alta do Dolar" Além de Dicas Exclusivas em Vídeo No Seu Email

Reaspeitamos Sua Privacidade 100% Livre De SPAM.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!